Escolha uma Página

Perfume e colônia: entenda a diferença

25-08-2022

Entenda a diferença entre perfume e colônia

Faz parte da cultura dos brasileiros tomar um bom banho e, logo em seguida, utilizar um perfume ou colônia para despertarem fragrâncias agradáveis em sua pele. Entretanto, ao procurar estes aromas, nos deparamos com diversas nomenclaturas que podem confundir e atrapalhar na escolha do produto que desejamos.
De forma geral, toda fragrância é feita a partir de óleos essenciais, tais como plantas, madeiras e frutos, somado a um solvente (água, álcool ou uma mistura de ambos). Dentre as categorias, a principal diferença é a concentração dos óleos essenciais; fazendo com que as fragrâncias com maiores concentrações fixem mais e demorem mais tempo para evaporar.
Abaixo, citaremos as principais diferenças entre perfumes e colônias.

Perfume

O perfume é intenso e mais concentrado que a colônia, podendo ter de 10% a 20% de essência na composição. Pela alta concentração, é recomendado evitar várias borrifadas porque o aroma se tornará mais presente que o desejado. É por isso, também, que os perfumes costumam ser mais caros.

Como e onde usar perfume

É adequado borrifar o perfume em regiões quentes do corpo, com maior circulação sanguínea, para auxiliar na fixação. Algumas boas recomendações de aplicação são nas dobras das articulações — tanto nas dos cotovelos quanto nas dos joelhos —, nos pulsos e no colo. Assim, combinamos a potência da fragrância com a fixação adequada na pele. É sugerido, também, não esfregar a área após aplicação, evitando o atrito e a consequente evaporação mais rápida.
Por ter uma diluição em álcool menor e, consequentemente, notas mais presentes, é recomendado uma só borrifada e, em geral, é interessante que o borrifador esteja há pelo menos 15 centímetros de distância do local aplicado.

Água de Colônia

Em comparação com o perfume, as águas de colônia tem uma menor concentração, sendo essa uma das principais diferenças entre perfume e colônia. Na água de colônia, a concentração média é de 3% de essência e, por isso, são mais leves e fixam menos que os perfumes. Entretanto, isso não é um atestado de inferioridade do produto, mas apenas demonstra uma necessidade de utilização de maneira diferente.
Os frascos das colônias tendem a ser maiores que os de perfume, por isso, acabam sendo mais baratos e mais indicados para crianças, devido a sua suavidade de menor concentração de óleos essenciais.
Ao falarmos sobre qual a diferença entre colônia e perfume, vale esclarecer que, mesmo com uma quantidade de essência menor, uma água de colônia boa pode fixar melhor que um perfume inferior. Portanto, é importante destacar que a qualidade dos ingredientes da composição impacta muito mais que a concentração!

Como e onde usar colônia

A ideia da água de colônia é prolongar a sensação de frescor depois do banho. No Brasil, é requerido que possua algum ingrediente ativo desodorizante em sua composição para contribuir com o sentimento pós-banho — por isso, também é referido como desodorante colônia.
É recomendado borrifar a colônia de duas a três vezes em áreas de alta circulação sanguínea, tais como pulso, atrás das orelhas, nas dobras dos antebraços e atrás dos joelhos.

Qual a melhor opção: perfume ou colônia?

Ao se perguntar qual a diferença entre perfume e colônia, tenha em mente sempre a concentração. Devido à ela, a fixação dos perfumes é alta, podendo durar até 10 ou 12 horas. Assim, especialistas recomendam utilizar os perfumes para noite, dias frios e ocasiões especiais. Enquanto a água de colônia, por ser mais suave, é ideal para ser utilizada pela manhã, em casa e ocasiões rotineiras. Dessa maneira, a melhor opção entre perfume ou colônia, depende da sua intenção ao utilizá-lo. Uma boa opção é possuir ambos para alternar entre os momentos.
Agora que você descobriu qual a diferença entre desodorante colônia e perfume, e quando utilizá-los, o próximo passo é escolher o seu! Se você quer alta confiabilidade, qualidade e uma ampla gama de marcas, o site justclick.com.br é o ideal para você!

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading...